Assembleia Geral Online da Assufsm prorroga mandato da atual gestão e retira delegados(as) para a Plenária da Fasubra

Assufsm realizou a Primeira Assembleia Geral Online na manhã do dia 29 de setembro para fazer a retirada de delegados e delegadas para a Plenária da Fasubra, nos dias 15 e 16 de outubro. Além disso, a categoria que participou da reunião virtual também votou pela prorrogação do mandato da atual gestão de coordenadores e coordenadoras para abril de 2021. Se propôs, também, que no mês de março do próximo ano seja realizada uma reunião de avaliação para verificar a situação da pandemia.

Na retirada de delegados e delegadas para a Plenária Virtual Nacional da Fasubra (ver aqui), que vai acontecer nos dias 15 e 16 de outubro, tendo como pautas: informes nacional, avaliação da conjuntura e encaminhamentos, duas chapas se inscreveram. São elas: Vamos à Luta (Chapa 1, por ordem de inscrição) e Frente Cutista Assufsm (Chapa 2, por ordem de inscrição). A primeira chapa levou 19 votos e a segunda 6. Por essa razão, a chapa Vamos à Luta tem direito à dois delegados(as) e a chapa Frente Cutista Assufsm tem direito à um. Do VAL o e a delegada titular são Loiva Isabel Marques Chansis e Mauro Nascimento, na suplência está Milton Maus. Já da Frente Cutista o delegado titular é Eloiz Cristino e a suplente é Tânia Maria Flores.

Na coordenação dos debates estiveram os Coordenadores Gerais Celso Fialho e Rogério Joaquim e a Coordenadora de Secretaria Daiani da Luz. Ao longo da Assembleia a categoria se manifestou sobre as seguintes pautas:

1) Discussão da implantação da IN 65 e suas consequências;

2) Discussão sobre a construção de greve em conjunto com os servidores públicos federais ou, no mínimo, com o setor da educação superior e tecnológica;

3) Democratização das IPE;

4) Reforma Administrativa (PEC 32);

5) Informes Gerais.

Todas e todos que queriam debater sobre os assuntos apresentados precisavam se inscrever no chat da sala de reuniões do Google Meet, aguardarem sua vez e tinham cerca de três minutos para dar encaminhamentos, sugestões e construções sobre as pautas.

Ao longo de mais de duas horas de duração da Assembleia Geral Online, técnico administrativos e administrativas em educação ativos, aposentados(as) e pensionistas e coordenadores(as) da Assufsm puderam conversar, debater ideias e, também se rever, seguindo os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de não aglomeração presencial.

Alguns encaminhamentos importantes tirados ao longo dos debates são: construção de Greve Geral do Serviço Público; Carta aberta para a Câmara Municipal de Santa Maria (entidades de ensino público serão convidadas para participar da construção da carta); Carta aberta à população santamariense (entidades de ensino público serão convidadas para participar da construção da carta); solicitação para que a Assufsm peça para a gestão da UFSM a realização de testes de COVID-19 aos técnico administrativos e administrativas em educação da Reitoria que estão trabalhando normalmente; Lives e Assembleias temáticas para promover debate sobre PEC 32 (veja aqui; aqui; aqui lives que já promoveram esses debates).

O setor de comunicação da Assufsm começará atender ao encaminhamento de live temática na sexta-feira (02) e convida a todos e todas para acompanharem a Live Sindical, com o tema “Os perigos da Instrução Normativa 65”. Participam do debate a técnica em contabilidade da UFSM, Zélia Teresa Mocelin, a Pedagoga Loiva Chansis e a Pró-Reitora de Gestão de Pessoas (PROGEP) Márcia Lorentz. Participe, comente e compartilhe para atingir o máximo de pessoas e colegas TAEs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *