Reconhecimentos da representatividade negra e a a história de Zumbi dos Palmares na Semana da Consciência Negra da Assufsm

O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro. Essa data foi incluída no calendário escolar em 2003, e oficializada pela Lei Federal 12.519 em 2011.

O dia faz referência a morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares e esposo de Dandara, considerada também símbolo da luta da resistência negra à escravidão. Durante a liderança de Zumbi a comunidade dos Palmares cresceu e venceu diversas batalhas. Porém, após 90 anos de resistência, o quilombo sofreu um ataque e foi destruído em 1694. Zumbi fugiu, mas foi capturado, e no ano seguinte teve uma morte violenta pelos bandeirantes.

A luta de Zumbi já era reconhecida desde 1970, quando quatro universitários gaúchos começaram a questionar a legitimidade da comemoração do dia 13 de maio. Para eles, essa data não representava a libertação da escravidão, pois a população negra continuou sendo explorada após a assinatura da Lei Áurea. Assim, entenderam que o 20 de novembro seria mais apropriado para o movimento negro brasileiro porque marca a luta histórica e a memória de Zumbi dos Palmares. 

As Lives Sindicais terão uma programação especial nessa semana. Confira, clicando aqui.

Fonte: Alma Preta Jornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *