Manifesto em defesa de orçamento justo para 2021 é lançado

Movimentos ligados à Educação, 16 Frentes Parlamentares e mais de 50 entidades de base lançaram um manifesto em defesa de um orçamento justo para o serviço público em 2021. Além do manifesto, um abaixo-assinado (ver aqui) foi lançado dia 11 de setembro.

A denúncia da perspectiva de cortes de R$ 1.882 bilhão nas chamadas despesas discricionárias para a educação que envolvem custeio e investimentos é um dos principais pontos de unidade. O grupo também marca posição em defesa da autonomia universitária e da nomeação de reitores e concursados, além de solicitar a imediata instalação da Comissão Mista de Orçamento e uma Comissão-Geral no Parlamento brasileiro para discutir os recursos para a Educação em 2021.

Confira na integra o que diz o manifesto: clique aqui para ler.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *