Confira o calendário de mobilizações dos SPFs

A FASUBRA realizou e participou de ações durante a Jornada de Lutas (14 a 25 de fevereiro) para organização e mobilização da campanha salarial emergencial de 19,99% (referente apenas às perdas inflacionárias do governo Bolsonaro) das trabalhadoras e trabalhadores do serviço público rumo à greve geral.

A Federação realizou duas lives sobre o tema, confira a íntegra nos links abaixo, esteve presente no ato público de 1 mês de silêncio do governo, após a entrega da pauta de reivindicações, em 18/02; esta semana realizou reunião ampliada com as bases, no dia 22/02; e participou da Plenária Nacional das Entidades do Serviço Público Federal, no dia 23/02. Nesta quinta-feira (24/02) houve reunião da Direção Nacional (DN) que discutiu propostas a serem apresentadas na Plenária Nacional, que acontece nos dias 4 e 5 de março.

Na reunião ampliada com as bases, a DN reforçou a importância da unidade das categorias e lembrou a posição da plenária de dezembro sobre a construção da greve geral conjunta. O FONASEFE readequou o calendário e a previsão da deflagração da greve unificada no dia 9 de março foi adiada para o dia 23 de março. O dia 9 ficou definido como dia de ato de lançamento do comando nacional unificado para a construção da greve dos SPFs.

Nas reuniões do FONASEFE, a DN da FASUBRA reafirmou sua posição de deflagração da greve no dia 9 de março, enquanto as demais entidades optaram por mais uma alteração na data. A DN da FASUBRA registrou no relatório sua posição de abstenção deste calendário, por seguir a deliberação da plenária e informou que o calendário será debatido pela Federação na plenária de março.

A proposta das entidades que compõem o FONASEFE é de construir um movimento grevista forte e coeso pela pauta da recomposição salarial emergencial. Sendo assim, ficou definido que no dia 16 de março será realizada paralisação de um dia e a greve geral dos SPF terá início no dia 23 de março. Confira o calendário na íntegra:

08/03 – dia internacional das mulheres – construção e participação nos atos nas cidades

09/03 – lançamento do comando nacional de construção e mobilização da greve

16/03 – dia nacional de paralisação, mobilização e greve – com um ato nacional em Brasília e atos em todo o país. Após esse dia, será dado o prazo de 7 dias para o governo negociar com os servidores, e caso o governo continue em silêncio:

23/03 – início da greve nacional do funcionalismo público

Live: “Greve dos SPFs: Como está a construção da Greve no setor da Educação Federal?”: https://youtu.be/7PLGlLquo7U

Live “Dialogando sobre orçamento e perdas salariais” e reunião ampliada”: https://bit.ly/3JSGP5y

Texto e Foto: FASUBRA

Postagens recentes

Geral

14 de agosto –  Dia dos Pais

A Assufsm deseja a todos os Pais, responsáveis, mães solo, tios(as), avós e demais pessoas que realizam esse papel, um dia de muita alegria com

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.