FEICOOP conta com ampla adesão do público santa-mariense

No final de semana dos dias 16, 17 e 18 de julho aconteceu a 28ª Feira Internacional do Cooperativismo e Feira Latino Americana de Economia Solidária (FEICOOP), que acontece anualmente no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, na Rua Heitor Campos, atrás da Basílica Nossa Senhora Medianeira. O tema dessa edição foi “Construindo a Sociedade do Bem Viver: por uma Ética Planetária”.

O evento contou com comercialização e exposição de produtos, oficinas, rodas de conversas, reuniões e foi organizada pelo projeto Esperança/Cooesperança, juntamente com a Prefeitura de Santa Maria, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e o Instituto Federal Farroupilha (IFFar).

A FEICOOP começou às 7h30min de sexta-feira (16), quando teve início a comercialização nos estandes. Ao longo da manhã de sábado, a movimentação se intensificou e as bancas permanecem abertas até as 19h. No domingo, elas também abriram às 7h30min, mas fecharam mais cedo, às 18h, com a cerimônia de encerramento.

O Coordenador da FEICOOP, José Carlos Peranconi, mais conhecido como Zeca, avaliou que a edição de 2022 foi muito positiva.

“Passaram na feira nesses 3 dias cerca de 140 mil pessoas, além de representantes de 8 países, 3 continentes e 13 estados do Brasil”, afirmou ele.

A Comunicação da Assufsm entrou em contato com feirantes que participaram da Feicoop para que pudessem relatar um pouco sobre a experiência de expor em um evento tão importante.

A artista e estudante da UFSM, Jamile Marin, comentou com a Comunicação da Assufsm que fica muito feliz de participar de um evento tão grande expondo sua arte. Ela se sente fortalecida como artista e agradece pelas parcerias que a FEICOOP pôde proporcionar.

Já o apicultor Ivo Scheiler relatou que após os tempos de inatividade devido a pandemia da Covid-19, a FEICOOP voltou com muito mais força.

“A economia solidária é muito importante porque engloba todo mundo, desde o mais pequeno até o maior produtor”, apontou Scheiler.

A artesã Cassilda Sales também ressaltou que a FEICOOP é um ponto de encontro de pessoas de vários lugares e que para ela, isso é muito importante.

“A FEICOOP é um ambiente onde se cultiva a solidariedade e se preza pela economia solidária”, destacou a integrante da marca de cosméticos Terra Vermelha, Bruna Cabral sobre o Feirão.

Realizada há quase 30 anos, a feira é um marco da economia solidária com reconhecimento em diversos países da América Latina. Além disso, ela tem uma relevância imensa para os pequenos produtores e produtoras santa-marienses, que buscam oportunidades para adentrar o mercado e vender seus produtos.

Veja mais fotos da FEICOOP, clicando aqui.

Postagens recentes

Geral

14 de agosto –  Dia dos Pais

A Assufsm deseja a todos os Pais, responsáveis, mães solo, tios(as), avós e demais pessoas que realizam esse papel, um dia de muita alegria com

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.