Grupo de trabalho Segurança da Assufsm debate sobre intrajornada

Na quinta-feira (28), a sala de reuniões da Assufsm foi palco para mais um encontro do grupo de trabalho de Segurança do sindicato. Dessa vez, na pauta do encontro estão encaminhamentos da última reunião (ver aqui) e informes do XXVII Seminário Nacional de Segurança das IPES e EBBTS.

Um dos encaminhamentos da última reunião do grupo foi de uma agenda com a PROGEP, a fim de discutir sobre a intrajornada. O objetivo era debater sobre a possibilidade de alteração da faixa horário em que atualmente acontece o intervalo de janta dos vigilantes, uma vez que o horário estipulado é durante a madrugada e por isso, não há estabelecimentos abertos para a realização de refeições.

Durante a reunião com a PROGEP, no dia 06 de junho, a Assufsm encaminhou uma carta, com orientações jurídicas, sobre o horário de intervalo. Na avaliação da coordenação da Assufsm, a PROGEP tem se mostrado aberta ao diálogo e apenas solicitou para que o GT preparasse um documento com todas as dúvidas sobre o assunto.

Além disso, ao longo do GT também foi trazido um importante encaminhamento da última Plenária da Federação, que o definiu a data 08 de agosto como dia Nacional da Segurança e dos Vigilantes das Universidades Federais de Ensino. O mote da data é reafirmação da luta pela abertura de um novo concurso, através do Regime Jurídico Único para o cargo de vigilante e discutir ainda as consequências em âmbito nacional da política de cortes de investimento em segurança nas universidades.

Como encaminhamento, a próxima reunião do grupo de trabalho irá acontecer na quinta-feira, 26 de julho, às 14h, na Sala de Reuniões (sala 1008). A pauta do encontro será as demandas e experiências a ser levada para o XXVII Seminário Nacional de Segurança das IPES e EBBTS. Além disso, também saiu como encaminhamento da reunião a construção de um seminário de segurança na UFSM.

Postagens recentes

Geral

CNG em ação: 1 mês de GREVE!

Na tarde desta quinta-feira, 11 de abril, aconteceu mais uma reunião do Comando Nacional de Greve (CNG). Foi lembrado que a greve da FASUBRA completou

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *