VACINA JÁ: Assufsm apoia companha de #VacinaçãoGeralJá da Fasubra

Após a realização da Plenária Nacional Virtual da Fasubra, um dos importantes encaminhamentos do encontro foi a realização da campanha para a vacinação geral de toda a população brasileira (ver aqui). A Assufsm, em suas redes sociais, vem compartilhando além dessa campanha, notícias gerais sobre a vacinação, inclusive, desmentindo fake News, as notícias falsas. Você pode ver aqui sobre o assunto. A Coordenação do Sindicato apoia e reforça a importância de todos e todas terem à disposição a vacina contra a COVID-19, pelo Sistema Único de Saúde, o SUS. Para a Coordenadora Jurídica e de Relações de Trabalho Solange Pahim, a vacinação é de grande importância.

“A vacinação previne várias doenças, muitas delas já erradicadas. Estamos vivendo uma pandemia, com a vacina de forma gratuita e para todos(as) podemos nos proteger e evitar que essa contaminação se propague por mais tempo e de forma geral. O SUS é de todos(as) nós, e esperamos que a distribuição seja feita o mais breve possível garantindo os princípios básicos que são integralidade, equidade e universalidade”, afirma ela.

O Coordenador Geral da Assufsm Celso Fialho também apoia a vacinação em massa na população brasileira.

“O povo brasileiro, pelo menos os que têm preocupação com a sociedade, estão praticando o distanciamento social. Medida que se mostrou eficaz contra a COVID-19, conforme os órgãos de saúde orientaram, por tempo prolongado. Nós queremos voltar ao convívio com familiares, amigos(as), colegas; queremos voltar a circular nos lugares, retornar à convivência com as pessoas, encontrar amigos e conhecer novos. Mas para voltarmos, é essencial termos a segurança de estarmos protegidos e de que não iremos contaminar alguém. O que nos dará esta segurança é a vacinação em massa”, reforça Celso.

Para ele, o Brasil tem tradição na vacinação. O SUS, que com campanhas eficientes, erradicou ou amenizou doenças que assolavam o país e se mostrou de grande relevância no controle da pandemia do Covid19, o que capacita o Brasil a realizar uma vacinação em massa contra o Coronavírus.

Para a Coordenação do sindicato é extremamente importante que o Sistema Único de Saúde oriente um programa de vacinação contra o Coronavirus. É necessário a reivindicação desta vacinação. Não se pode permitir que o Brasil adie mais o calendário vacinação. Mais de 200 mil brasileiros e brasileiras estão mortas. Todos e todas eram o amor de alguém, não apenas números. O Brasil é o 2º país em mortes no mundo, por isso é necessário que a vacinação inicie o quanto antes, pelo SUS, visto que inúmeros outros países já estão aplicando as doses.

Clicando aqui, você pode acompanhar como está o plano de vacinação no Brasil.

ANDIFES E A VACINA

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) publicou em seu site uma nota onde a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) defende a vacinação abrangente e acessível para a população brasileira.

Abaixo, na íntegra, você confere a nota completa:

As universidades federais e a superação da pandemia: Andifes defende vacinação abrangente e acessível

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) vem a público conclamar as autoridades responsáveis a acelerarem a disponibilização do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19 de execução abrangente e acessível a todos os brasileiros.

É sabido que o locus da ciência brasileira se encontra nas universidades públicas, as quais, desde o início da pandemia, se apresentaram para o enfrentamento do Coronavírus, a postos com seus laboratórios, seus pesquisadores, seus hospitais e toda a sua estrutura.

Da mesma forma, sabemos que o Sistema Único de Saúde (SUS) tornou possível que o Brasil dispusesse de um dos melhores e mais abrangentes programas públicos de imunizações do mundo, responsável pela prevenção, controle e extinção de várias doenças. Portanto, a vacinação contra a Covid-19 deve ocorrer exclusivamente por meio do SUS.

O que o Brasil necessita agora é de um Plano Operacional de Imunização, usando todas as vacinas aprovadas pela Anvisa, que contemple a todos os brasileiros gratuitamente, seguindo critérios de priorização técnicos e humanitários. A sociedade brasileira não pode e nem deve tolerar nenhum tipo de uso político da vacina, bem como não são aceitáveis quaisquer privilégios de qualquer natureza para acesso ao imunizante.

A saúde do povo e a economia do País exigem responsabilidade e ação imediata dos poderes públicos. Defendemos que toda a população brasileira tenha garantido seu direito à vacina, em campanha coordenada pelo Ministério da Saúde, envolvendo todos os entes federativos, com a eficiência e celeridade necessárias para garantir que tenhamos a superação dessa pandemia com a maior brevidade.

Ancorado na ciência, o momento deve ser de união e solidariedade. A vacina é um direito de todos!

Com informações da UFSM

Texto e Edição: Assessoria de Comunicação da Assufsm

Postagens recentes

Geral

14 de agosto –  Dia dos Pais

A Assufsm deseja a todos os Pais, responsáveis, mães solo, tios(as), avós e demais pessoas que realizam esse papel, um dia de muita alegria com

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.