AGORA É GREVE: Doações e estudos marcam o dia 41 da greve no CLG; CNG analisa proposta do governo

No dia que a greve completou 41 dias, duas ações marcaram o movimento grevista: doação de sangue e o estudo da proposta do governo para ser apresentado na Assembleia do dia 25 de abril.

Um pequeno grupo de cerca de 10 pessoas participaram das doações de sangue pela parte da manhã, no Hemocentro Regional de Santa Maria. Outras ações devem ser realizadas para doar sangue, mas ainda sem data predeterminada.

Além disso, ocorreu um importante debate sobre a proposta do governo federal, do reajuste de salário, que já está disponível no IG 4  da FASUBRA (veja aqui). O estudo será apresentado em Assembleia de Greve do dia 25 de abril, às 8h30min, no Auditório Flavio Miguel Schneider, no anexo ao prédio 42, no CCR.

FASUBRA

Nesta segunda-feira, 22 de abril, o Comando Nacional de Greve (CNG) se reuniu para avaliar a proposta do governo à luz da análise crítica feita pela representação da FASUBRA na Comissão Nacional de Supervisão de Carreira (CNSC). A CNSC FASUBRA, se reuniu no final de semana e elaborou um relatório preliminar, analisando, ponto a ponto, a proposta do governo.

O governo apresentou uma proposta insuficiente. Manteve o reajuste de 0% para 2024, oferecendo 9% de reajuste em 2025 e 3,5% em 2026. Quanto à reestruturação, atendeu, parcialmente, cinco dos doze pontos destacados na proposta construída pela CNSC, apresentando um pequeno avanço neste ponto, porém, recuando, especialmente se considerarmos que foram descartadas proposições construídas com seus representantes no Grupo de Trabalho de Aprimoramento, diferentemente do que foi divulgado pelo Secretário de Relações do MGI, José Lopez Feijóo na imprensa.

Os delegados, reunidos em Plenária, reforçaram a necessidade de continuidade e fortalecimento da greve. O avanço na proposta do governo, apesar de insuficiente, demonstra a importância da nossa greve para a conquista das nossas pautas. É imprescindível continuar a pressão junto ao governo e conquistar a opinião pública.

Devemos lembrar que essa é a primeira proposta concreta feita pelo governo na mesa de negociação. O processo está em curso. É necessário esperançar!

Vamos fortalecer a greve, construir atividades conjuntas, participar de todas as ações chamadas pelos sindicatos na base, compartilhar as #hashtags# do nosso movimento, acompanhar e seguir as orientações locais e nacionais nas ruas e nas redes.

Sem Luta não há Vitória! A Greve continua!

A seguir, confira a agenda do CNG FASUBRA desta semana:

TAE, construa uma greve forte com a sua categoria!

Texto com informações da FASUBRA

Postagens recentes

Geral

CNSC avalia cenários

Na quinta-feira, 23 de maio, aconteceu a reunião da Comissão Nacional de Supervisão da Carreira (CNSC), na sede da FASUBRA. Em resposta ao encaminhamento do

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *