Assufsm se reúne com PROGEP e debate especificidades para horário reduzido na UFSM

Na tarde do dia 17 de janeiro, a Coordenação da Assufsm esteve reunida com a Pró-Peitoria de Gestão de Pessoas da Universidade Federal de Santa Maria (PROGEP-UFSM) para debater sobre as especificidades da proposta de horário reduzido quanto ao abono das horas e demais sugestões feitas pelos TAE’s presentes na Assembleia Geral que aconteceu na última quarta-feira, dia 11.

Estiveram presentes as Coordenadoras Gerais Loiva Chansis e Tânia Maria Flores, o Coordenador Geral Beto Fidler, o Coordenador de Formação Política e Sindical Eloiz Cristino e o Coordenador Financeiro e Patrimonial Eleutério Jost, bem como o professor e Pró-Reitor da PROGEP Daniel Coronel, a Pró-Reitora Substituta Paula Tronco e a Coordenadora de Coordenadoria de Concessões e Registros Manoela Sacchis Lopes.

Os tópicos tratados fazem referências a questões trazidas por TAEs durante a Assembleia, como o início das atividades na Universidade, onde foi sugerido no debate que se realize o funcionamento da UFSM das 7h às 14h30min, deixando a chefia imediata determinar o horário que cada setor irá cumprir, ao exemplo de: se o setor iniciar às 7h, fecha o ponto às 13h e assim sucessivamente, cumprindo às 6h presenciais. Para casos específicos, de setores que realizam atendimento externo, caso do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), cada chefia imediata avaliará a situação. Outros locais como Hospital Veterinário Universitário, os colégios – Politécnico, CTISM e Ipê Amarelo -, laboratórios com pesquisa em curso e Restaurantes Universitários também foram citados na reunião como atividades e realidades específicas.

Além disso, o modelo do Plano de Atividades foi sugerido pela Coordenação da Assufsm, para que os e as TAEs possam realizar um preenchimento de forma mais rápida. O professor Daniel levará o modelo para a Administração da UFSM para avaliar e decidir qual documentação será utilizada. Além disso, o Pró-Reitor também afirma que a PROGEP está montando cursos de capacitação para TAEs que possam suprimir as 2h diárias e ele também sugere que o servidor ou servidora pública utilize-se de cursos online gratuitos para cumprir esse tempo e anexar no ponto. Essas devem ser as alternativas para a recuperar as horas durante o tempo que a Universidade estiver em período de horário reduzido.

Já sobre as inserções do ponto eletrônico, o Centro de Processamentos de Dados (CPD) estuda qual a melhor forma de realizar as inserções durante esse período de redução de horário, visto o cumprimento de jornada de trabalho e tão logo tiver respostas, elas serão publicadas nos meios de comunicação da Assufsm.

Tratativas acertadas com a Administração da UFSM

Na segunda-feira (09), a coordenação da Assufsm esteve reunida com a gestão da UFSM para receber a proposta que definia o horário reduzido na Universidade a partir do dia 17 de fevereiro até o dia 17 de março – dia do primeiro semestre letivo de 2023. A coordenação fez então uma contraproposta, para que o horário reduzido fosse adiantado ao ínicio de fevereiro, logo no dia 04. A gestão aceitou a proposição, ficando definidas as datas: 04 de fevereiro à 17 de março.

Por fim, a PROGEP afirma que a partir dos próximos períodos de recesso e férias acadêmicas, o horário reduzido também será concedido, conforme aponta o calendário acadêmico.

A Portaria sobre o horário reduzido deve sair ao longo dessa semana, conforme confirma a PROGEP.

Veja mais fotos, clicando aqui.

Postagens recentes

Geral

CNG em ação: 1 mês de GREVE!

Na tarde desta quinta-feira, 11 de abril, aconteceu mais uma reunião do Comando Nacional de Greve (CNG). Foi lembrado que a greve da FASUBRA completou

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *