Campus Sede da UFSM voltará a contar com ônibus interno a partir de segunda (11)

O início do primeiro semestre letivo de 2024 marcará a volta do ônibus interno no Campus Sede da UFSM. O serviço estava suspenso desde o início de 2020, devido a cortes orçamentários. A retomada das atividades acompanha o calendário acadêmico, pelo qual o semestre letivo será de 11 de março a 16 de julho.

O transporte intracampus poderá ser utilizado de segunda a sexta-feira, em dias úteis, por estudantes e servidores da Instituição, com vínculo ativo, mediante comprovação por meio da apresentação da carteirinha do Restaurante Universitário, eCarteira (digital) ou comprovante de matrícula.

O serviço será oferecido das 8h às 17h, com saída a cada hora. A rota contará com 16 paradas no total, incluindo os pontos de início e fim da linha, no posto de combustível, próximo ao arco. Confira o itinerário:

  • Posto de combustível;
  • Ipê Amarelo;
  • Restaurante Universitário II;
  • Jardim Botânico;
  • Básicos;
  • Prédio 26F;
  • Restaurante Universitário I;
  • Centro de Ciências Rurais (CCR);
  • Colégio Politécnico;
  • Hospital Veterinário Universitário (HVU);
  • Tambo;
  • Centro de Educação (CE);
  • Centro de Educação Física e Desportos (CEFD);
  • Reitoria;
  • Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE);
  • Posto de combustível.

Por enquanto, não há planos para a retomada do aplicativo BUFSM, lançado em 2018 para acompanhar o trajeto do ônibus. Porém, segundo o chefe do Núcleo de Transportes, Lucas Rigui, futuramente deve ser disponibilizado o monitoramento da rota do Via UFSM, como o veículo foi batizado em 2015, pelo aplicativo UFSM Digital, mas ainda não há confirmação ou estimativa de prazo para implementação da função.

Conquista dos estudantes

Para o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFSM, a volta do transporte interno é uma conquista que auxilia desde a permanência e segurança até a qualidade da pesquisa produzida pelos discentes. O movimento esteve envolvido em mobilizações, como reuniões com autoridades acadêmicas e aplicação de questionários para compreender a demanda dos estudantes, e deve acompanhar de perto a situação do serviço. “Hoje conquistamos essa importante vitória, mas vamos seguir bastante atentos. Nós pedimos para a Reitoria que houvesse um espaço para reunião permanente de discussão sobre a situação do ônibus, com avaliações, formas de melhorar as rotas, as linhas e a logística desse projeto”, declara Juan Zebrowski, membro do diretório.

O reitor da UFSM, Luciano Schuch, lembra que quando o transporte intracampus foi suspenso, a UFSM vivia uma situação orçamentária bastante crítica, e somente agora foi possível voltar a oferecer esse benefício à comunidade acadêmica. “A situação melhorou um pouco e por isso optamos por retomar o serviço, pois facilita muito o deslocamento de servidores e alunos dentro da Universidade. É uma questão de qualidade de vida, inclusive. No entanto, não podemos garantir que manteremos o serviço caso novos cortes sejam feitos no orçamento da Instituição”, afirma Schuch.

Artes e Texto: Agência de Notícias

Postagens recentes

Geral

CNSC avalia cenários

Na quinta-feira, 23 de maio, aconteceu a reunião da Comissão Nacional de Supervisão da Carreira (CNSC), na sede da FASUBRA. Em resposta ao encaminhamento do

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *