FONASEFE estabelece novo calendário de lutas com paralisação nacional em 28 de abril

As entidades que compõem o FONASEFE (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais) definiram, na última semana, o calendário de mobilização dos próximos dias da Campanha Salarial conjunta e da construção da greve geral unificada. O movimento paradista passou a ser também por respeito às servidoras e servidores públicos federais e pela derrota de Bolsonaro e Mourão.

Nas próximas duas semanas a vigília em frente ao Ministério da Economia será reforçada, de terça a quinta, das 11h às 13h. Confira o calendário de atividades:

18 a 22 de abril – ações de mobilização nos locais de trabalho e vigília em Brasília;

25 a 29 de abril – jornada de lutas nos estados e reforço da vigília em Brasília;

28 de abril – dia Nacional de Paralisação.

Mesmo em um cenário de muitas dificuldades e apesar do crescimento da Campanha Salarial, com algumas entidades já em greve, as entidades avaliam que é necessário fortalecer a mobilização e organização de uma greve unificada forte para que as reivindicações sejam atendidas. Nesse sentido, a Direção Nacional (DN) da FASUBRA Sindical orienta suas entidades de base a:

– Realizar reuniões unificadas com as entidades da educação ANDES, SINASEFE nos estados;

– Construir e participar dos Fóruns estaduais dos SPF pela recomposição salarial de 19,99%;

– Fortalecer as mobilizações por meio de atos, divulgação das campanhas da FASUBRA e do FONASEFE virtual, outdoors, busdoor nos estados;

– Seguir o calendário proposto pelas entidades que compõem o FONASEFE.

Texto: Fasubra

Postagens recentes

Geral

CNG em ação: 1 mês de GREVE!

Na tarde desta quinta-feira, 11 de abril, aconteceu mais uma reunião do Comando Nacional de Greve (CNG). Foi lembrado que a greve da FASUBRA completou

Ler mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *